Café beira rio 2
Leitor

Foto: Arquivo/www.jacobina24horas.com.br

Cícero Monteiro, atual chefe de gabinete do governador Rui Costa, poderá deixar a pastar para se dedicar à sucessão municipal em Jacobina no próximo ano

Sempre que é questionado se disputará ou não a prefeitura de Jacobina em 2016, o chefe de gabinete do Governo da Bahia, Cícero Monteiro, usa a seguinte frase: “Hoje, sou 50% candidato; os outros 50% são de Amauri”, referindo-se ao ex-deputado federal Amauri Teixeira, que também pleiteia a chefia do Paço Municipal.

Além de estarem no mesmo partido, o PT,  Cícero Monteiro e Amauri Teixeira também duelam para atrair a simpatia da militância local,  heterogênea e bastante dividida por questões internas,  que levaram inclusive a renúncia do presidente do Diretório Municipal, o professor Epaminondas Macedo,  que abdicou da direção por discordar frontalmente dos procedimentos adotados por membros do PT em Jacobina.